A Raça

Origem da Raça

O Bernese Mountain Dog, chamado oficialmente no Brasil de “BOIADEIRO BERNÊS”, originou-se na Suíça como cão de fazenda. 

A uniformidade e o temperamento destes cães vieram do estilo de vida dos fazendeiros suíços, permitindo o desenvolvimento de um cão alerta, imponente, protetor e acima de tudo amigo, companheiro e disposto ao trabalho, pois dedica-se ao seu dono incondicionalmente.

Os primeiros cães de fazenda Suíços eram usados para guarda, proteção e transporte de pequenas carroças com produtos da fazenda, principalmente o leite. Sua principal atividade era cuidar e proteger os rebanhos, tarefa que originou a denominação de “cães pastores dos Alpes”. Portanto era preferível utilizar cães que não mostrassem traços ou instinto de caça, mas que fossem fortes e alertas para proteger os rebanhos de animais predadores. Essas qualidades exigiram um cão grande e forte que fosse tanto obediente como autoconfiante.

Caracteristicamente, o Boiadeiro Bernês, age como integrante da propriedade e do seu território e isso ainda pode ser notado nos dias de hoje, pelo modo alegre e contagiante como esta raça saúda seus donos em sua casa.

Hoje é apreciado no mundo inteiro graças a sua adaptabilidade e sociabilidade em família e sua pelagem tricolor com marcações bem definidas. Por isso é conhecido por muitos como o cão da família, pelo seu espírito protetor, amigo e companheiro. Apesar de seu porte grande não se trata de um cão de ataque, porém está sempre alerta e preparado a avisar seus donos de qualquer movimento estranho que aconteça em sua casa ou propriedade. Atualmente se tornou literalmente um grande cão de companhia, que não se cansa de pedir a atenção de todos que estão ao seu redor.

Nosso Depoimento Sobre a Raça

Em 1997 quando conhecemos a raça em uma fazenda de São Vicente do Sul ficamos impressionados com a beleza e exuberância deste cão, mas não imaginávamos que se tratava de uma raça tão especial, agora entendemos, pois convivendo diariamente com eles e observando as atitudes, os olhares, o temperamento, a obediência, a insistência de pedir carinho e atenção.... Podemos dizer, é incrível!!! Eles mudam as pessoas. Além do prazer do convívio com os nossos cães, um dos objetivos de nossa criação está focado na introdução do Boiadeiro Bernês no trabalho de campo nas fazendas, principalmente no Sul do Brasil. Para isto, primamos pela preservação da raça, observando alguns critérios de seleção como: temperamento, estrutura, conformação e movimentação.

Acreditamos que no ciclo da vida todo ser humano precisa: ser criança, amar alguém, ter uma família, ter filhos, ser vovô(ó), ter um cão e ser amado por ele!

Obrigado, Cayman, Thor, Cooper, Angus, Tróia, Janet, Vegas, Karmin, Cléo, Luna, Índia, Bruma e Amber por estarem conosco.